Alimentos afrodisíacos: quais são e funcionam mesmo?

Quem nunca se entupiu de amendoim, ovo de codorna e jurubeba achando que ia abafar na hora do sexo? Os alimentos afrodisíacos existem sim, mas não é bem assim. Não existem estudos que comprovem cientificamente o poder de provocar desejo de forma física, mas só de mexer com a cabeça de quem os usa já é meio caminho andado. Alimentos precisam ser ingeridos com  certa frequência para que funcionem e ajudem o organismo a funcionar melhor.

Mas nessa época de tudo ser sustentável e ecológico, vamos ver alguns afrodisíacos naturais, para que você não utilize Viagra, nem comprometa seu organismo tomando medicamentos sintéticos. Conheça alguns alimentos que podem te ajudar na hora H:
Mel
 

Alimento rico em vitamina B, que ajuda na fabricação de testosterona, e boro, que ajuda o organismo a metabolizar o estrogênio, esse alimento sempre foi fonte de saúde para o ser humano. Alguns estudos indicam que o uso contínuo faz com que aumente o nível de testosterona no sangue.Em excesso, provoca diarréia.

Chocolate
 

Bom, que o chocolate aumenta a serotonina, a gente já sabe. Estudos comprovam que o chocolate contém endorfinas que liberam no sangue duas substâncias que aumentam a sensação de prazer e bem estar, a feniletinamida e serotonina.
Aipo

 

Rico em vitaminas A, B, C, P e minerais, essa planta aromática era dedicado ao deus Plutão na antiga Roma. O aipo ajuda a afinar o sangue e a manter as artérias limpas e a gente sabe que para uma boa excitação, sangue correndo solto nas veias é o que há!

Ostra
 

Ostras são ricas em  zinco, mineral que contribui para a formação de testosterona. Fora o fato de você ter que chupá-las para degluti-las e ela ter o formato de uma vulva, o que só de olhar, já leva a excitação...

Amendoim
 

Outro alimento que promove a circulação sanguínea, o amendoim é rico em vitamina B3, mas cuidado, em excesso provoca gases e diarréia pela sua oleosidade.

Pimenta
 

Bom, esse não serve pra mim (sou alérgica a pimenta)

A pimenta promove um aumento da transpiração, aumento da frequência cardíaca e da circulação sanguínea, reações equivalentes de quando você está excitado, por isso quem come acha que está “pegando fogo por dentro”!

Gengibre


Esse alimento, além do aroma excitante, promove a mesma coisa que a  pimenta, aumento da circulação sanguínea. Alias, vários alimentos picantes promovem a mesma sensação que a pimenta.






Manjericão
Ou manjerona, é mais um alimento que promove um aumento da circulação sanguínea. Quem usa acha que ele provoca um aumento da excitação sexual e bem estar. É usado como tempero. A pizza Marguerita leva uma boa quantidade de manjericão, seria então, pra tudo acabar em pizza depois?

Mamão
 
O mamão age no organismo da mesma maneira que o estrogênio, aumentando a libido feminina, ajuda a menstruação a descer e aumenta a produção de leite na mulher que amamenta.




Cardamono

 


Rico numa substância chamada eucaliptol, promove a circulação sanguínea nos lugares onde é aplicado. É usado como tempero, mas certas culturas esfregam o cardamomo nos genitais para aumentar o desejo...

Jasmim
 

A flor do jasmim tem um cheiro delicioso. É usado em licores como aromatizante natural.  Mas cuidado: AS SEMENTES DO JASMIM SÃO VENENOSAS!

Banana



A boa e velha banana já dizia na música “engorda e faz crescer” e também ajuda por ser ricas em potássio e minerais que ajudam na fabricação de hormônios sexuais. Porém, por sua forma de pênis, ela é afrodisíaca só de olhar...





E o ovo de codorna?
 

Bom, ele é uma proteína rica em vitamina B1 e B2, cálcio e ferro, mas não há nada que diga que é afrodisíaco. Porém, o excesso do consumo formam gases que não atraem fêmea nenhuma... 
Georgia Maria

Fonte: site sexo e relacionamento / 

Nenhum comentário:

Postar um comentário