Você acredita no amor?

Despesas da casa - como dividir de forma justa?

Hoje em dia, a maioria das mulheres trabalha fora e recebe um salário. Logo, o papel do homem provedor, que deve ganhar para sustentar a casa, morreu, virou passado. Atualmente, os casais dividem as contas de casa proporcionalmente. Aí vem a pergunta: proporcionalmente a que?

A divisão é feita da seguinte forma: somam-se todos os gastos comuns do casal, ou seja, condomínio, aluguel, luz, empregada, supermercado, TV a cabo etc e divide-se esse valor igualmente por dois. Essa é a maneira mais justa de se fazer a divisão dos custos. Mas e se um ganha mais que o outro? Como fazer?

Bom, nesse caso, o(a) parceiro(a) que ganha mais tem duas opções: guardar a sobra e fazer uma poupança para seu futuro ou do casal ou gastar tudo da maneira que bem entender. É muito importante o alinhamento entre os parceiros sobre as expectativas futuras do dinheiro e ter uma conversa clara a respeito.

Além disso, a pessoa que ganha mais pode pagar jantares fora ou comprar algum item para casa que tenha vontade. Depende da dinâmica de cada casal.

Mas e se um ganha menos do que o necessário para pagar sua metade das contas? Bom, nesse caso o(a) parceiro(a) que ganha mais tem que estar ciente da responsabilidade de arcar um pouco mais com as contas da manutenção da casa. Isso não é errado, muito pelo contrário, afinal não escolhemos nossa cara metade pelo bolso (bom, pelo menos não todo mundo) e não tem problema algum em pagar uma fatia maior das contas.

Nesse caso, o mais importante é que o(a) parceiro(a) que ganha menos não demonstre acomodação com a situação, ou seja, deixe claro para o outro que está atrás de melhores oportunidades e está fazendo todo o necessário para ganhar mais. O sentimento de acomodação pode acabar com um relacionamento, pois não tem como se orgulhar de uma pessoa acomodada.

As contas da casa não devem ser dividas proporcionalmente ao salário. Apenas divididas em dois valores exatamente iguais. Essa é uma dica importante, pois assim nenhum dos dois terá o sentimento de ajudar mais ou menos. A pessoa com salário maior se esforçou para consegui-lo. Não é correto que arque com mais gastos, a não ser que isso tenha sido estipulado entre vocês. No caso de um dos parceiros ter um gasto extra como pagamento de pensão para filhos de um primeiro casamento, a regra deve ser a mesma. Dividir o custo da casa atual por dois e paga sua parte.

Porém, fica aqui o nosso conselho: não importa quanto cada um ganhe, tente sempre dividir as despesas para que jamais, em alguma discussão você tenha que ouvir “sou eu que banco essa casa, e você ainda me diz o que fazer?”, ou qualquer frase parecida.

E lembre-se: viva de acordo com seu poder aquisitivo e guarde sempre uma parte do seu ganho por mês. Isso significa que não vocês não devem buscar um padrão de vida para o que os dois ganham juntos, mas sim um pouco inferior, dessa forma sempre haverá sobra de dinheiro e o futuro de vocês estará um pouco mais garantido!

por Carol Waldeck - Portal do amor

Seu relacionamento já não é aquele do início do namoro - o que mudou?

Seu(sua) parceiro(a) está diferente?


Por: Carol Waldeck

No início conhecemos uma pessoa. Essa pessoa é cheia de vida, brilhante, alegre, bem humorada, e quando percebemos já estamos apaixonadas(os). Porém, com o tempo, passa a ficar de mau humor com freqüência, está sempre reclamando e parece que a vida é um peso.

Ficamos sempre muito chateadas(os) quando percebemos que nosso(a) parceiro(a) mudou, que não é mais o(a) mesmo(a) do início do relacionamento. Alguma coisa aconteceu para que ele(a) olhasse a vida de outra forma. O importante nesse momento é entender o que está acontecendo, para então definir se esta mudança pode levar ao fim do relacionamento.

Muitos são os fatores que podem afetar uma pessoa, como por exemplo o envelhecimento/amadurecimento, que pode provocar mudanças de pontos de vista e julgamentos, a chegada de um filho, além é claro de fatores como estresse causado por problemas no emprego e desestabilidade financeira. Por fim, e infelizmente, seu(sua) parceiro(a) pode mudar, pois não quer mais o relacionamento, mas não sabe como terminar. Por isso, antes de sofrer e imaginar o pior, é importante identificar a razão da mudança.

Algumas vezes julgamos errado quem realmente está mudando no relacionamento. Por isso, é muito importante saber: você tem certeza que seu(sua) parceiro(a) é quem está mudando? Ou será que você está diferente por diversas razões e acaba vendo ele(a) de outra forma? Saber a resposta para essas perguntas é a chave para entender o que está acontecendo.

Definiu que o problema é realmente com seu(sua) parceiro(a), então está na hora de entender o que está acontecendo, afinal dependendo do motivo você será afetada(o) diretamente. Algumas etapas são importantes nesse momento:

Não comece uma briga: faz tempo que você imagina o que pode estar acontecendo e na hora da conversa a emoção fala mais alto. Com isso você perde toda a razão. Portanto, tenha certeza que está bem emocionalmente para essa conversa. Prepare o que vai falar e o que quer descobrir. Tente lembrar algum fato que tenha marcado essa mudança, exemplos são muito importantes para ajudar seu(sua) parceiro(a) a entender o que está acontecendo.

De tempo para justificativas: deixe ele(a) explicar calmamente o que está acontecendo. Depois de dizer como você está se sentindo devido às mudanças, é o momento dele(a) falar, e ele(a) merece o mesmo tempo para falar o que precisa. Algumas vezes você vai ouvir que a mudança no comportamento dele(a) está relacionada a uma mudança no seu. Não transforme em uma lavagem de roupa suja, tentem juntos chegar aos pontos que incomodam cada um e analisem a possibilidade de pararem com certas atitudes.

Na maioria das vezes as mudanças estão relacionadas à problemas no trabalho ou na família e uma conversa franca vai ajudá-los a equilibrar o relacionamento. Porém, em alguns casos, a mudança de comportamento está relacionada com o fim do amor, com o aparecimento de outra pessoa, e, nesse caso, a conversa não será tão fácil e você precisa estar preparada(o).

O que ajuda é que apesar de não querermos enxergar, normalmente conseguimos ter uma boa idéia do que está acontecendo com nosso(a) parceiro(a). Se você o(a) conhece bem é capaz de saber que tipo de assunto o(a) está  preocupando.

Conversem. Respeitem o espaço um do outro. Decidam o melhor futuro do relacionamento pontuando sempre o que é importante e essencial para cada um ser feliz.

Todo dia é dia de macarrão. Nada de renunciar a um belo prato de massa! O macarrão engorda menos que o arroz e ainda ajuda no controle de uma porção de doenças















Os benefícios nutricionais do macarrão são muitos. Para começar, ele é considerado um alimento com baixos níveis glicêmicos, porque leva mais tempo para ser digerido pelo organismo - mais do que o pão ou o arroz brancos. Assim, colabora para prolongar a sensação de saciedade e manter os níveis de glicemia estáveis no sangue no período após a refeição. "O macarrão é reconhecido como um alimento que reúne baixas concentrações de sódio, gordura e colesterol. É uma rica fonte de carboidratos, que nos traz energia para as atividades diárias. A versão integral conta ainda com inúmeros nutrientes importantes para a saúde, como as vitaminas do complexo B e o ferro", diz a nutricionista Elaine de Pádua, da clínica DNA Nutri.

Além disso, como qualquer outro alimento do seu grupo, o dos carboidratos, ele só engorda se o consumo for excessivo, ou quando se erra nos acompanhamentos. "O macarrão chega a ser menos calórico que o arroz, numa relação de 122 calorias para 138, numa mesma porção de 100 g", esclarece Elaine.

Considerado um alimento com baixos níveis glicêmicos o macarrão leva mais tempo para ser digerido pelo organismo

Outra surpresa boa é que o macarrão ajuda a dar uma baixada na tensão e ainda colabora para melhorar o humor. "Os carboidratos fornecem energia para o trabalho cerebral e a sua restrição causa sintomas como cansaço físico e mental, além de alteração do humor e irritabilidade. O macarrão, além de reabastecer as reservas de energia do cérebro, facilita a captação do triptofano, um precursor da serotonina, justamente o neurotransmissor que está diretamente ligado às sensações de calma e bem-estar", esclarece Elaine. Viu só por que nos sentimos tão alegrinhos e relaxados depois da macarronada de domingo?

Mas os bons efeitos do alimento sobre a saúde da mente não param por aí. Uma pesquisa desenvolvida pelo departamento de psicologia da Tufts University, nos Estados Unidos, no ano de 2009, avaliou o impacto dos carboidratos no desempenho cognitivo. O estudo comparou uma dieta com reduzido teor de carboidratos a uma dieta padrão, de reduzido teor calórico, recomendada pela American Dietetic Association (ADA). O que os pesquisadores descobriram foi que, no grupo que diminuiu os carboidratos - cortando, inclusive, o macarrão -, os resultados dos testes avaliando memória visual, atenção vigilante e capacidade cognitiva de uma forma geral foram muito piores do que no grupo que continuou consumindo o alimento, porém com moderação.

Variações do mesmo tema

Conheça as diferenças entre os diversos tipos de pasta disponíveis no mercado.

Macarrão à base de farinha branca: é considerado um alimento de baixo índice glicêmico, e também pobre em colesterol, gorduras e sódio.

Integral: como nessa versão do alimento o trigo é moído com a casca, ele preserva mais propriedades nutricionais do que o macarrão convencional. Tem mais fibras e micronutrientes, como magnésio, selênio, cobre, manganês e vitaminas do complexo B.

Enriquecido: já é possível encontrar massas adicionadas de legumes (beterraba, espinafre e cenoura) e que, além de colorirem naturalmente o alimento, agregam diversos nutrientes ao prato. O enriquecimento com minerais também vem sendo empregado, inclusive em massas pré-cozidas voltadas para o público infantil. "São opções saudáveis, mas que não excluem a necessidade de se consumirem vegetais e legumes in natura", alerta Elaine de Pádua.

Sem glúten: é indicado apenas às pessoas portadoras da doença celíaca, que apresentam intolerância ao glúten.

De quinoa: a novidade eleva ao cubo as propriedades benéficas do macarrão integral. "Um dos pontos fortes do alimento é que ele possui grande quantidade de triptofano, que favorece a liberação de serotonina no organismo, funcionando como um antidepressivo natural, diminuindo a atividade cerebral de agitação e melhorando o humor", explica Paula Crook.

Fonte: Revista Viva Saúde

8 passos para fortalecer o casamento após uma traição



O perdão é essencial para que a relação continue saudável. Foto: Getty Images
A traição é algo difícil de ser digerida num casamento e nem sempre é fácil perdoar e seguir em frente. Independente se foi um caso de uma noite, sem envolvimento emocional, ou de longo prazo, sempre ficam sequelas e mágoas.
A terapeuta de casais Elvira Aletta elaborou algumas dicas para o site YourTango com passos essenciais para um casal tentar retomar o relacionamento após uma traição.
Segundo ela, se cumpridos com vontade, é possível que a relação fique até mais fortalecida do que antes do episódio. Aqui estão oito passos que podem ajudar a salvar o seu casamento.
Terminar o caso imediatamente
Gentilmente, completamente, totalmente. Isso tem que vir em primeiro lugar, se a parte que está traindo quer a reconciliação. 'Amizade' não é uma opção.
Repensar o relacionamento
Se qualquer um dos dois não tem certeza se querem ficar juntos, é melhor deixar isso claro ao parceiro. Sentir-se confuso após uma traição é normal, mas só não deixe que isso seja uma desculpa para evitar falar sobre a realidade.
Nada de segredos
Se o seu parceiro quer saber os detalhes do caso, você deve contar a ele. Eles o ajudam a compreender a realidade.
Parar de correr e enfrentar a dor
Evitar a dor é, muitas vezes, o que levou ao caso fora da relação. Enfrentá-la é aterrorizante, mas necessário. Tome coragem e discuta os aspectos no relacionamento.
Caminhar sobre brasas
Expresse seus remorsos e diga sinceramente que você vai fazer o que for preciso para voltar a focar no relacionamento. Em seguida, faça-o.
Assumir a responsabilidade
Resistir aumenta a culpa. O caso é um sintoma de que havia algo muito errado no relacionamento. Ambas as partes precisam cavar fundo para descobrir e aceitar sua parcela de responsabilidade. Se os verdadeiros problemas não são abordados, nada muda.
Perdão
Todos os envolvidos precisam de perdão, para curar-se do trauma. Ambas as partes estão feridas, estão de luto e precisam de perdão. Um bom conselheiro de relacionamento pode ajudar a negociar esse entendimento.
Tempo
Isso é essencial para a cura completa. A confiança se assemelha às flores minúsculas que precisam de tempo para recuperar suas raízes profundas e torná-las resistentes.

Cuidados que realçam a beleza de sua pele

Nada mais desanimador do que olhar para o espelho e notar sua pele cansada e sem viço. A pele responde às intoxicações internas e externas por meio de marcas, espinhas e manchas no rosto, que é justamente o nosso cartão de visita. Quando estamos bem, a pele também se transforma. Então, veja essas dicas maravilhosas para você realçar a beleza de sua pele e passar a melhor impressão.

mulher flornocabelo Cuidados que realçam a beleza de sua pele

Limpar, tonificar e passar o filtro solar devem ser encarados como rituais básicos para ter uma pele bonita e saudável. É como escovar os dentes! Com a limpeza, você elimina as impurezas e proporciona a renovação celular. A tonificação serve para fechar os poros e energizar a pele;. O filtro solar protege dos danos causados pela radiação ultravioleta.

Esfoliar a pele e hidratá-la também vai transformar sua aparência. Usando bons cremes esfoliantes uma vez por semana ou a cada 15 dias, sua pele ficará renovada, porque eles retiram as células mortas. A hidratação é fundamental para evitar que a pele fique áspera após a limpeza profunda.

Adote também mudanças na alimentação, com uma dieta desintoxicante e consumo de 2 litros de água por dia. Você vai notar em pouco tempo o resultado em sua pele.

Preparados para cuidarem melhor de si mesmos?

Fonte: blog da Lu

8 dicas para acabar com a insônia. Confira as dicas do Laboratório do Sono, de Porto Alegre, e transforme seu quarto num ambiente perfeito contra a insônia.

mulher dorme
Foto: Dreamstime

Para dormir bem, basta se deitar e fechar os olhos, certo? A ideia funciona bem na teoria, mas, na prática, ter uma noite tranquila e acordar disposta no dia seguinte é cada vez mais raro.
De acordo com a Organização Mundial de Saúde, 2 em cada 5 brasileiros sofrem de insônia. A sensação é desagradável, afinal, o cansaço bateu, a cama está ali, você tem de acordar em
algumas horas e... o sono não vem!

Por isso, quem dorme profundamente todas as noites pode se considerar uma felizarda. Já se você acorda exausta, nada de se preocupar: com a mudança de alguns hábitos noturnos, você também vai sonhar com os anjos. "Para garantir uma boa noite de sono devemos ter uma rotina na qual vamos desacelerando o ritmo, fazendo atividades mais monótonas à noite", explica o neurologista Geraldo Rizzo, diretor do Laboratório do Sono, de Porto Alegre.

Segundo ele, os hábitos que garantem dormir sem precisar contar carneirinhos não são difíceis de colocar em prática. Trata-se de incorporar atitudes calmantes, como manter o quarto escuro, diminuir a ansiedade e desligar a TV (melhor mesmo seria tirá-la de perto da cama de uma vez, não?).

Confira uma relação de dicas que driblam a insônia, para que você possa realmente descansar à noite e acordar com a energia renovada.

1. Apague a luz

Como acontece com a maioria dos mamíferos de hábitos diurnos, a qualidade do sono depende diretamente da escuridão do ambiente. Quando o cérebro registra a presença de luz, mesmo que de uma lâmpada bem fraquinha, ele compreende que ainda é dia e fica em estado de alerta. Essa pode ser a causa daquela insônia terrível que surge no meio da madrugada.

2. Ligue o ventilador

Quando o quarto fica quente demais, o corpo tem dificuldade para se manter nos saudáveis 36,5ºC. O resultado é um sono inquieto, superficial e cansativo. Evite o superaquecimento mantendo seu quarto bem ventilado - abrindo portas e janelas ou ligando o ventilador - e deixando lençóis, mantas e cobertores pesados bem longe da cama nas noites quentes.

3. Pare de ver o relógio

Conferir o despertador a cada minuto só serve para aumentar a ansiedade, deixando-a ainda mais tempo acordada. Vire a face do relógio para a parede e deixe de controlar a quantidade de
horas até o dia amanhecer. Um truque: conte uma história bacana para si mesma até pegar no sono. Faça de conta que você está de férias, em um lugar lindo, e pode relaxar o quanto quiser...

4. Evite os eletrônicos em geral

Celulares e computadores são aparelhos que emitem ondas eletromagnéticas, que deixam você em alerta absoluto. Por isso, evite ficar exposta a esses aparelhos antes de se deitar. Não
bastasse isso, as ondas também diminuem o tempo do sono profundo, aquele que faz o corpo recuperar as energias gastas durante o dia.

5. Aprenda a relaxar

A melhor forma de dormir rapidamente é relaxando o corpo e a mente. Experimente colocar em prática a técnica abaixo:

· Contraia e relaxe lentamente todos os músculos, dos dedinhos dos pés até o rosto.
· Depois, massageie o couro cabeludo enquanto mentaliza uma paisagem bonita.

6. Perfume sua noite

Acenda um incenso de lavanda no quarto três horas antes de dormir. Feche a porta e deixe uma fresta da janela aberta enquanto o incenso queima. Dessa forma, o cheiro tem por onde escapar e não fica impregnado no ambiente. Na hora de dormir, o aroma ajudará a induzir o sono. Caso seja alérgica a incenso, tente gotas de óleo essencial.

7. Mantenha a rotina

Nosso organismo precisa de rotina para funcionar bem, motivo pelo qual vale a pena ir para a cama e se levantar sempre nos mesmos horários - assim, você se acostuma a ficar com sono na hora certa. Com o tempo, seu relógio biológico ficará tão regulado que você nem precisará de despertador para acordar. Ah, e nada de ficar na cama mais tempo no fim de semana!

8. Tome um banho quentinho

Duas horas antes de ir para a cama, tome um banho quente para relaxar os músculos e facilitar o sono profundo. Deixe a água passar pela cabeça e imagine que, com ela, vão pelo ralo todos os problemas do dia (não se concentre neles nessa hora!). Ao sair do chuveiro, mantenha os pés aquecidos para o corpo entender que é hora de descansar.

Procure ajuda


Insônia pode ser sintoma de outras doenças mais graves. Se ela se tornar frequente, o ideal é procurar um médico especializado em distúrbios do sono para descobrir que problemas estão
interferindo na qualidade da sua noite. Mas nada de tomar remédios por conta própria: isso pode piorar o problema e ainda deixá-la viciada.

Fonte: site M de mulher

Descubra quais são os alimentos que fortalecem os ossos



















Por Patrícia Affonso

Por volta dos 30 anos, nós, mulheres, começamos a perder massa óssea. Isso significa que, com o passar do tempo, ficamos mais suscetíveis às fraturas e outros males, como a osteoporose. A solução, então, é reforçar o esqueleto. Giovanna Arcuri, nutricionista (SP), aponta os alimentos que ajudam e os que atrapalham nessa missão.

Sinal verde

Alimentos ricos em cálcio

- Leites e derivados
- Vegetais de folhas verde-escuras
- Amêndoas
- Salmão
- Tofu



Sinal amarelo

Alimentos que dificultam a absorção do nutriente

- Sal
- Café
- Refrigerante
- Álcool
- Carne Vermelha


Foto: Ella Durst
Fonte: Site Corpo a corpo

Alimentos afrodisíacos: quais são e funcionam mesmo?

Quem nunca se entupiu de amendoim, ovo de codorna e jurubeba achando que ia abafar na hora do sexo? Os alimentos afrodisíacos existem sim, mas não é bem assim. Não existem estudos que comprovem cientificamente o poder de provocar desejo de forma física, mas só de mexer com a cabeça de quem os usa já é meio caminho andado. Alimentos precisam ser ingeridos com  certa frequência para que funcionem e ajudem o organismo a funcionar melhor.

Mas nessa época de tudo ser sustentável e ecológico, vamos ver alguns afrodisíacos naturais, para que você não utilize Viagra, nem comprometa seu organismo tomando medicamentos sintéticos. Conheça alguns alimentos que podem te ajudar na hora H:
Mel
 

Alimento rico em vitamina B, que ajuda na fabricação de testosterona, e boro, que ajuda o organismo a metabolizar o estrogênio, esse alimento sempre foi fonte de saúde para o ser humano. Alguns estudos indicam que o uso contínuo faz com que aumente o nível de testosterona no sangue.Em excesso, provoca diarréia.

Chocolate
 

Bom, que o chocolate aumenta a serotonina, a gente já sabe. Estudos comprovam que o chocolate contém endorfinas que liberam no sangue duas substâncias que aumentam a sensação de prazer e bem estar, a feniletinamida e serotonina.
Aipo

 

Rico em vitaminas A, B, C, P e minerais, essa planta aromática era dedicado ao deus Plutão na antiga Roma. O aipo ajuda a afinar o sangue e a manter as artérias limpas e a gente sabe que para uma boa excitação, sangue correndo solto nas veias é o que há!

Ostra
 

Ostras são ricas em  zinco, mineral que contribui para a formação de testosterona. Fora o fato de você ter que chupá-las para degluti-las e ela ter o formato de uma vulva, o que só de olhar, já leva a excitação...

Amendoim
 

Outro alimento que promove a circulação sanguínea, o amendoim é rico em vitamina B3, mas cuidado, em excesso provoca gases e diarréia pela sua oleosidade.

Pimenta
 

Bom, esse não serve pra mim (sou alérgica a pimenta)

A pimenta promove um aumento da transpiração, aumento da frequência cardíaca e da circulação sanguínea, reações equivalentes de quando você está excitado, por isso quem come acha que está “pegando fogo por dentro”!

Gengibre


Esse alimento, além do aroma excitante, promove a mesma coisa que a  pimenta, aumento da circulação sanguínea. Alias, vários alimentos picantes promovem a mesma sensação que a pimenta.






Manjericão
Ou manjerona, é mais um alimento que promove um aumento da circulação sanguínea. Quem usa acha que ele provoca um aumento da excitação sexual e bem estar. É usado como tempero. A pizza Marguerita leva uma boa quantidade de manjericão, seria então, pra tudo acabar em pizza depois?

Mamão
 
O mamão age no organismo da mesma maneira que o estrogênio, aumentando a libido feminina, ajuda a menstruação a descer e aumenta a produção de leite na mulher que amamenta.




Cardamono

 


Rico numa substância chamada eucaliptol, promove a circulação sanguínea nos lugares onde é aplicado. É usado como tempero, mas certas culturas esfregam o cardamomo nos genitais para aumentar o desejo...

Jasmim
 

A flor do jasmim tem um cheiro delicioso. É usado em licores como aromatizante natural.  Mas cuidado: AS SEMENTES DO JASMIM SÃO VENENOSAS!

Banana



A boa e velha banana já dizia na música “engorda e faz crescer” e também ajuda por ser ricas em potássio e minerais que ajudam na fabricação de hormônios sexuais. Porém, por sua forma de pênis, ela é afrodisíaca só de olhar...





E o ovo de codorna?
 

Bom, ele é uma proteína rica em vitamina B1 e B2, cálcio e ferro, mas não há nada que diga que é afrodisíaco. Porém, o excesso do consumo formam gases que não atraem fêmea nenhuma... 
Georgia Maria

Fonte: site sexo e relacionamento / 

6 Dicas Para Ter a Vida Amorosa Que Você Deseja!


Na Lei da Atração a maioria das técnicas para manifestar um fabuloso relacionamento amoroso em sua vida inclue a visualização regular, a coleta de imagens ou criar “quadro de visualização” que reflete nosso desejos, abrindo espaço para alguém novo em nossas vidas.


Enquanto esses processo ajudam-nos a trazer os nosso sonhos amorosos para a realidade, há outros passos necessários para permitir o parceiro ideal aparecer. Se você é sério sobre obter um relacionamento amoroso que você quer, siga esses seis passos:

1.  Seja claro sobre o que ou quem você realmente quer. Antes que você possa criar um relacionamento perfeito para o resto de sua vida, você precisa saber o que tem nele para você. Algumas vezes as pessoas cometem erros ao definir seu parceiro ideal como estar com uma pessoa específica, ao invés de identificar a real essência do que você realmente quer. Esclareça os sentimentos fundamentais, a emoção, experiências que você deseja, e deixe o universo cuidar da parte de oferecer o seu relacionamento amoroso perfeito você.

2. Se você estiver insatisfeito com seu relacionamento amoroso atual, então pare de reclamar sobre seu parceiro. Quando não estamos felizes com o atual relacionamento amoroso, nós frequentemente culpamos nosso parceiro sem nos darmos conta. Nós observamos somente o lado ruim, ou os erros do parceiro.
Sempre que mantermos uma imagem na nossa mente sobre eles(as) como pessoa que não estamos satisfeitas com, essa situação continuará a aparecer desta forma. Dê espaço para que ele(a) possa ser aquilo que é capaz de ser, observe somente as coisas boas em que vocês passaram juntos ou visualize os momentos felizes que viveram juntos ou que poderão viver. Isso trará uma imagem positiva de seu parceiro, gerando um melhor relacionamento amoroso.

3. Seja aberto. Deixe o universo surpreender você. Frequentemente os relacionamentos amorosos que duram a vida inteira se formam em maneiras que você nunca esperasse. Conecte-se com seu guia interno (emoções, sentimentos, intuição) e respeite esse guia. Garanto que não vai lhe deixar na mão.

4.Ame você mesmo da mesma maneira que você quer que outros te amem. O nosso mais importante relacionamento amoroso de todo nossa vida é aquele que temos conosco, raramente damos a atenção ao que realmente interessa, NÓS MESMOS. Qualquer relacionamento que temos em nossa vida como, no trabalho, com seus filhos, irmãos e etc é apenas uma reflexão de como nós tratamos a nós mesmos. Por esta razão (e também porque é bom), trate a você mesmo da forma que você quer ser tratado. Fale e faça boas coias para você próprio. Quando você é bom a você mesmo, outros também serão.

5.  Ame aos outros da forma que você quer ser amado. Para criar uma vibração forte e alinhada com o seu relacionamento amoroso desejado, Ame aos outros da forma que você quer ser amado. Incondicionalmente, sem restrições, abertamente – ofereça seu amor aos outros. É uma maneira excelente para criar o alinhamento, e advinhe – Você sente-se bem.

6. Finalmente, deixe ir tudo aquilo que não está funcionando em sua vida. Para que as coisas boas acontecam (como obter a vida amorosa que você quer), você tem que sentir-se bem. Eliminar tudo aquilo que está te deixando mal. Seja o trabalho, maus hábitos, apartamento, relacionamento amoroso – tudo aquilo que você não se sente bem tem que ser remediado. Criar um aspirador (na intenção de aspirar as coisas ruins) em sua vida, permite ao Universo a preencher com coisas melhores.
A última dica por ela mesma pode abrir a janela da oportunidade que permite uma avalanche de coisas boas vir a sua direção!

Você encontrará que essas dicas tem uma coisa em comum: a criação de uma vibração alinhada com o relacionamento amoroso desejado. Porque “coisa atrai coisa” o poder da Lei da Atração está no alinhamento das vibrações (seus pensamentos e emoções) com os seus desejos e resultados. Espero que alguma dessas dicas possa te ajudar a obter um melhor relacionamento amoroso.

Fonte: www.lei-da-atracao.info