A importância do leite para crianças e idosos

Uma pesquisa feita em uma universidade do Canadá apontou que em certas faixas etárias o leite é mais eficaz do que água para hidratar o organismo.


A alimento também faz sucesso entre as crianças, mas os nutricionistas dizem que ele também deve fazer parte do cardápio em outras fases da vida.

Depois da amamentação, dos seis meses aos 10 anos, a criança deve beber de dois a três copos de leite, por dia. Para garantir o desenvolvimento ósseo e muscular do organismo.

- dos 10 aos 14 anos, o ideal é dividir em três porções o consumo de leite ou algum derivado. Por exemplo, tomar um copo de leite no café-da-manhã, uma fatia de queijo no lanche e um copo de leite antes de dormir. Isto vai garantir o ganho de massa muscular e a boa formação dos órgãos ligados à sexualidade.

- dos 18 aos 50 anos, o consumo até pode ser substituído, sem prejuízo para o desenvolvimento do organismo. Em vez do leite, beber em média um litro e meio de água por dia e ingerir outras fontes de proteína, como carnes e frios, como peito de peru e presunto.

A partir dos 50 anos os nutricionistas dizem que o leite se torna tão importante quanto na infância. E não só como fonte de nutrição, ele é recomendado também para manter a hidratação do corpo. O indicado é beber três copos de leite por dia.

Por ser rico em aminoácidos, o leite demora mais tempo para ser absorvido do que água. “Mais do que dar os nutrientes que se precisa, como cálcio ou proteína, o leite tem uma capacidade de hidratar bem crianças e idosos”, explica Virginia Nascimento, nutricionista.

Fonte: Jornal Hoje

Nenhum comentário:

Postar um comentário